21 de julho de 2012

O diario vermelho.

Boa noite gente :) dei uma personalizadinha no blog,e peguei um templante free que estava disponivel,espero que tenham gostado.Tempo nos finais de semana talvez é algo que ira me sobrar,e eu sei que tem muita gente que fica de butuca (atoa) navegando na net,eu resolvi para as pessoas que sao animadas de ler,escrever uma historia,que ira misturar realidade e ficcão,e tirando meus erros imperduaveis de portugues e a preguissa enorme de ficar colocando assento nas palavras,espero que levem em consideraçao apenas a historia.Todo final de semana irei postar algo da historia do Diario Vermelho,talvez ao longo da semana tambem,ainda nao me organizei com os dias! Mas peço por favor, que comentem digao o que voces estao achando o que estao esperando,qualquer informaçao é precisa para que possamos melhorar o blog e oferecer a voces um trabalho de qualidade (tirando meus erros de portugues :D ) mas vamos la :



O diario vermelho
21 de julho de 2012

Me chamo Taylor williams,e tenho um leve problema com apresentaçoes,na verdade eu nao sei como devo começar a falar,ou nesse caso escrever.Acabei de me mudar para o sul da frança onde simplismente nao conheço ninguem.Tenho uma familia normal,ou quase normal.Tenho um pai submisso a minha mae,e uma mãe submissa ao trabalho,nao tenho irmaos,e sempre levei uma vida normal,nao rodeadas de muitos amigos,e com algumas pessoas que se sentiam mal por eu estar perto.Amanha ja vai ser meu primeiro dia de aula,ja desfis as malas,e agora estou aqui escrevendo.Esta fazendo frio,acho que vou pegar minhas meias antes que meus dedos congele.Estou fazendo apenas uma pequena apresentaçao,como faço em todo novo diario.Os mais antigos,minha mae fez eu deixar na outra casa,na verdade acho que ela os jogou fora,ela disse: - vida nova,novas historias minha filha.
Talvez eu concorde,talvez nao.Mas enfim ao menos diminuiu a bagagem,acho que no final era isso mesmo que ela pensava.Bom o que você sabe sobre mim ate agora é apenas meu nome e um pouco de como sao meus pais,eu vim de boston,tenho 18 anos,e de tanto viajar por causa do trabalho da mamae,tomei algumas bombas na escola,prefiro pular esta parte.Sou do signo de Leao alias o meu aniversario esta chegando,nao me importo muito com isso,pois minha mae sempre esquece e meu pai sempre me traz um bolo confeitado de padaria.(nao tenho muito a reclamar,pois tambem nao ligo,quem é que gosta de comemorar quando se esta ficando mais velho? ).
O Brayan me ligou uma hora depois de quando cheguei da viagem,bom,Brayan é um garoto que me atormentava na escola,ele era daquele tipo de menino que joga basquete e fica rodeado de lideres de torcida,bom isso é agora,antigamente na 5° serie ele era um menino com meleca escorrendo no nariz e tacando bolinha de papel nas pessoas,eu nao sei porque ele tinha uma mania feia de puchar minhas trancinhas quando mamae as fazia.Ja na 6° serie fomos para salas diferente,no inicio do ano ficavamos juntos no recreio mas ao longo do ano ele se juntou com outras pessoas,e me deixou sozinha.Na 7° voltamos a ser da mesma sala,eu nao sei como isso foi acontecer,mas brayan virou meu primeiro amor,eu ja nao ficava mais irritada quando ele puchava minhas trancinhas,na verdade eu ate comecei a faze-las mais vezes,quando ele chegava parecia que os raios de sol iluminava ele,e o vento fazia seus cabelos se balançarem suavemente combinando com aquele sorrizinho que so ele tem,eu achava tao sexy quando ele ficava sem graça e começava a falar coisas idiotas.Ele  tinha um belo par de olhos verdes,seus cabelos erao tao lisos que nem as caspas conseguiam ficar presas naquela cabeleira,ele tinha uma pele macia.Eu nunca reparei tanto em alguem,mas minha purberdade estava  chegando e se aflorando.Tive o coraçao partido quando o Brayan decidiu ficar com uma menina,ela era tao ipocrita,foi quando eu senti ciumes pela primeira  vez,aquele sentimento de querer se apossar de algo que eu nao tinha,aquele sentimento estranho que circulava dentro de mim imaginatoriamente.Mesmo eu nunca ter ficado com o Brayan,achei que por  certas aproximidades ele gostava de mim,mas ao ver aquela cena meu coraçao desparou e foi quando em um ataque de furia corri pelo banheiro dei um soco contra o espelho peguei o caco de  vidro e cortei meu braço,a diretora Flanders passava por ali e começou a soltar um monte de broncas,quando ela pushou minha orelha fazendo-me ficar de pe,mas eu cai,nao me lembro mais do que aconteceu depois daquele dia,sei que acordei com minha mae brigando com meu pai: - Voce deveria prestar mais atençao,quase que ela morre,essa depreçao é culpa sua,sua familia é cheio de depressivos......
Eu mal me lembro de quando meus pais eram felizes,nao sei o que aconteceu para esse po de piripimpim do amor ter acabado,e minha mae tratar meu pai assim.Tenho rapidas lembranças de uma vez no parque enquanto eu descia do escorregador e os dois abraçados comendo algodao doce..Bom,desde quando cortei meus braços o Brayan se afastou,ele tambem mal soube do que aconteceu,pois minha mae decidiu me tirar da escola,e fomos morar em outro lugar,no canada,la eu fiz um tratamento com pisicologos,que resultou nisso,escrevo compulsivamente em diarios.No 2° ano do ensino medio minha mae voltou para nossa antiga casa,e eu para a antiga escola,e quem estava la?Brayan.Ele havia ficado mais forte,e as espinhas de seu rosto haviam acabado,ele estava namorando uma tal de Emily Stowk ,ate que era uma garota bem charmosa.Aqueles meus sentimentos Por Brayan estavam jogados no lado escuro e negro do meu peito,é bom que ficasse por la.Quando havia voltado brayan estava tao feliz por ter me visto,foi ai quando voltamos a andar juntos,(de novo).Lembro de quando Brayan ficou arrazado pela primeira  vez,quando nos dois voltavamos do refeitorio e fomos andar pelo patio ele viu Emilly Stowk beijando um dos jogadores do time de futebol.Compulsivamente ele a pushou pelo cabelo a tirando de perto de Carl e acertando-lhe um soco,que resultou em uma suspensao de 2 semanas,nas quais eu faltei so para matar aula com ele,iamos pra uma parque que ficava vazio dia de semana,e ficavamos o dia inteiro ate da hora de ir embora,conversando sobre coisas tao idiotas...
 Era primavera naquele ano,e as coisas pareciam tudo tao perfeitas,Brayan nao queria saber de nenhuma outra garota,e ficavamos o tempo todo juntos,o ruim foi aquele sentimento que eu deixei jogado na escuridao por ele ter voltado a luz.



 Quando dei por mim estava apaixonada novamente pela mesma pessoa.Era inicio de semana,ainda era terça feira,quando passei na casa dele ,era noite,e estava decidida a contar o que sentia.Estava tao nervosa que quando ele abriu a porta de sua casa,o agarrei,para ele nao pensar duas  vezes.Aquele foi meu primeiro beijo,e foi o mais especial da minha vida,senti aquele pozinho brilhante me rodiando como aquela sena de the sims se beijando pela primeira  vez , havia musicas tocando,uma luz iluminando somente nos naquela escuridao.E o mais magico que aconteceu foi que ele correspondeu,sim,ele correspondeu e foi mais magico ainda.Ficamos dois meses juntos,ele nao havia me pedido para namorar,mas eramos somente nos,e foi a melhor epoca da minha vida!ate que minha mae teve que mudar novamente,aonde estou agora,no sul da frança.Brayan me levou ate o aeroporto olhou pro chao com um sorrizo decepcionado no rosto,e eu com uma lagrima quase a rolar.Minha mae disse:-nao se preocupe os franceses sao mais emocionantes. Mas ela nao tinha a minima noçao do que estava falando.Nao mesmo.Nao sei se o brayan ira vir me ver,minha mae jamais deixaria eu ir visita-lo.Entao creio que  tenha somente essa opçao.Queria saber tambem o que o Brayan estava sentindo por mim,se era alto tao forte  como isso que pulsa em meu peito.Eu nao sei,e vou ficar um tempo sem saber,pois nao o verei tao cedo.E agora vou durmir,pois tenho que acordar  cedo,tomara que a nova escola seja boa.Espero.

Um comentário:

  1. There's shocking news in the sports betting industry.

    It's been said that any bettor must watch this,

    Watch this now or stop placing bets on sports...

    Sports Cash System - Automated Sports Betting Software.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar ;)